Semana dos Afetos

Serviço Público de Amor

Na Semana de 11 a 15 de Fevereiro celebrámos os afetos no CSO. Iniciámos a semana com a apresentação oficial do videoclip da música “Cartas de Amor” do CD “Amor sem Idade”, lançado em Março de 2017. Os protagonistas deste videoclip foram as estrelas da nossa casa: Seniores, crianças e jovens. O resultado final, que foi divulgado nas redes sociais, espelha uma ternura desmedida. Porém, presenciar a troca Intergeracional vivenciada durante os ensaios foi um privilégio ainda maior. Obrigada ao Prof. Luís Soares por continuar a acreditar neste amor sem idade. No dia 13 de Fevereiro, também se festejou o Dia Mundial da Rádio, mas os afetos não ficaram esquecidos. Assim, foi divulgado um programa, gravado na Radiolândia, com os testemunhos genuínos dos nossos utentes seniores acerca da sua definição de amor e do namoro de antigamente. Todas as actividades que fazem parte do plano semanal tiveram um toque da temática dos afetos. Ainda assim, o culminar desta semana foi no dia 14 de Fevereiro, Dia dos Namorados, da Amizade, dos Afetos, enfim, do amor nas suas várias faces. Logo pela manhã, os nossos seniores transformaram-se em “doutores do amor” e distribuíram afeto pelas ruas do nosso concelho. Mesmo os mais apressados paravam para receber um cartão com uma frase especial e, se ainda nos oferecessem um pouco mais do seu tempo, ainda ficavam habilitados a ganhar uma boa dose de abraços e de palavras cheias de significado. À tarde, dirigimo-nos ao antigo Mercado de Oiã para dar vida a uma das suas paredes. Seniores, jovens e crianças, passaram para o pincel e para as tintas ali disponíveis, a meiguice de quem desenha o amor. Todas estas actividades tiveram o apoio e autorização da Junta de Freguesia de Oiã a quem gostaríamos de reiterar o nosso agradecimento. O Centro Social de Oiã deixou, assim, a sua marca numa parede da nossa terra mas, essencialmente, deixou pegadas em todos os corações que encontrou. Finalizámos esta semana dos afetos, certos de que prestamos um serviço publico de amor dentro e fora das paredes da nossa casa porque…”É por amor que nos damos. Ou por esperança”.

51974376_2213375105541170_6511189533340467200_o 52043218_2213375045541176_960015071436603392_o 52057078_256472758586366_4272710921501016064_n 52072575_2329508670611328_3363304845577551872_n 52366970_2213375228874491_7089399303701004288_o 52378354_2213220805556600_7098420165246713856_o